IUSSI 2018 – Congresso reúne a elite dos pesquisadores de insetos sociais no Brasil

IUSSI 2018 – Congresso reúne a elite dos pesquisadores de insetos sociais no Brasil

3 de agosto de 2018

Muitos dos principais especialistas mundiais em insetos sociais vão se encontrar no Guarujá (SP), de 5 a 10 de agosto, para debater temas científicos tradicionais e emergentes sobre abelhas, formigas, vespas, cupins e alguns besouros. Eles participam do 18º Congresso da União Internacional para Estudos de Insetos Sociais (IUSSI 2018), que reúne ecólogos, zoólogos, geneticistas, bioquímicos e pesquisadores de outras áreas e conta com apoio da Associação Brasileira de Estudo das Abelhas (A.B.E.L.H.A.).

O Congresso IUSSI 2018 conta com mais de 600 inscritos, sendo 90 do Brasil. Serão mais de 300 palestrantes em 38 simpósios, divididos em oito macrotemas, como Ecofisiologia e Interações Ambientais, Biologia da Conservação, Saúde e Imunidade, Neurobiologia, Comunicação e Comportamento, Evolução Social e Sociobiologia, Filogenia e Genômica. As sessões de pôsteres reúnem mais de 250 trabalhos, incluindo brasileiros.

“Temos muito orgulho de apoiar a realização de um encontro dessa magnitude. Os insetos sociais possuem um papel fundamental na manutenção do equilíbrio dos ecossistemas do planeta e na conservação da biodiversidade. Que o digam as abelhas, que são as mais importantes polinizadoras da natureza”, diz Ana Assad, diretora-executiva da Associação A.B.E.L.H.A..

“Aqui no Brasil temos uma das maiores diversidades de insetos sociais do planeta, mas ainda há grandes lacunas de conhecimento científico. Nosso desejo é que o IUSSI 2018 contribua e aumente o interesse por esse ramo de pesquisa por aqui. Afinal, precisamos compreender essa complexa fauna para ajudar a conservá-la”, completa Ana.

Destaques

O evento vai trazer ao País grandes nomes da pesquisa de insetos sociais, como Francis Ratnieks, da Universidade de Sussex (Inglaterra), um dos expoentes mundiais em pesquisas básicas e aplicadas com essa fauna, com mais de 260 publicações em revistas científicas, como Science e Nature, algumas delas resultados de suas colaborações com pesquisadores brasileiros. Também estarão presente Jacobus Boomsma, da Universidade de Copenhagen (Dinamarca); Amy Toth, da Universidade do Estado de Iowa (EUA); Ben Oldroyd, da Universidade de Sydney (Austrália); Judith Korb, da Universidade de Freiburg (Alemanha); Toru Miura, da Universidade de Tóquio (Japão), e Theresa  Wossler, da Universidade de Stellenbosch (África do Sul).

Pesquisadores brasileiros também vão expor seus trabalhos. Entre eles, estão os consultores científicos da A.B.E.L.H.A.: Denise Araújo Alves, da Universidade de São Paulo (USP) e uma das organizadoras do Congresso; Vera Lucia Imperatriz-Fonseca, da USP e ITV; e Cristiano Menezes, da Embrapa. Outros destaques nacionais são Eduardo Almeida (USP), Tereza Cristina Giannini (ITV), Camila Maia-Silva (UFERSA) e Ronara Châline (USP).

Apoio

Além da A.B.E.L.H.A., o congresso conta com o apoio da Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo), do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico), da Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) e da Springer.

Serviço

XVIII Congresso Internacional IUSSI

Quando: de 5 a 10 de agosto de 2018
Onde: Centro de Convenções do Casa Grande Hotel – Guarujá (SP)
Programação completa: https://www.iussi2018.com/program

Inscrições: No local

Site oficial: https://www.iussi2018.com/

 Sobre a IUSSI – A IUSSI foi fundada em Amsterdam, em 1951, durante um Congresso Internacional de Entomologia, com objetivo de promover e incentivar o estudo de insetos e outros organismos sociais. Desde então o grupo organiza conferências quadrienais em várias partes do mundo (a última foi em Cairns, na Austrália, em 2014), publica um jornal de artigos e premia trabalhos.

Compartilhe: