Revisão científica aborda enfraquecimento e perda de colônias no Brasil

Revisão científica aborda enfraquecimento e perda de colônias no Brasil

30 de agosto de 2016

Um artigo publicado no primeiro semestre na revista Pesquisa Agropecuária Brasileira, uma publicação da Embrapa, buscou lançar luz sobre a possível ocorrência de casos de Desordem do Colapso das Colônias, ou Colony Collapse Disorder (CCD) no Brasil e suas eventuais causas.

Como a CCD é uma síndrome e tem múltiplas causas, foram convidados especialistas que trabalharam em diferentes áreas do conhecimento: ecologia, patologia, toxicologia de inseticidas, nutrição e manejo de abelhas.

A revisão compilou alguns dos estudos mais relevantes relacionados às possíveis causas desses problemas – como nutrição, manejo, patógenos, parasitas e efeitos de agrotóxicos –, além de apresentar um breve histórico da síndrome nos Estados Unidos e na Europa.

abelha-colmeia-redForam abordados com mais detalhes os estudos desenvolvidos no Brasil, principalmente sobre agrotóxicos utilizados na agricultura e patógenos e parasitas que acometem as colônias de A. mellifera africanizada.

Segundo os autores, os resultados das ocorrências analisadas indicaram que as mortalidades em massa registradas no Brasil não estavam associadas a patógenos ou a parasitas. Somente dois casos com características semelhantes às descritas para CCD foram registrados, porém sem causas definidas.

“Para que se conheçam as causas de enfraquecimentos e perdas de colônias de abelhas, é urgente a implantação de programas oficiais de levantamento sistemático da sanidade apícola, associados a pesquisas com foco nas avaliações dos possíveis impactos da fragmentação de habitats e das práticas agrícolas sobre as comunidades de abelhas”, destacam os autores Carmen Sílvia Soares Pires (Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia), Fábia de Mello Pereira e Maria Teresa do Rêgo Lopes (Embrapa Meio Norte), Roberta Cornélio Ferreira Nocelli (Universidade Federal de São Carlos), Osmar Malaspina (Universidade Estadual Paulista), Jeffery Stuart Pettis (Depto. De Agricultura dos Estados Unidos – USDA, na sigla em inglês) e Érica Weinstein Teixeira (Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios).

Sobre a CCD

A CCD é uma síndrome reconhecida por meio de um conjunto de sintomas, entre eles:  a rápida perda de abelhas operárias, evidenciada pelo enfraquecimento ou morte da colônia com excesso de crias, em comparação ao número de abelhas adultas; ausência de crias e abelhas adultas mortas dentro ou fora da colmeia; e ausência de invasão imediata da colmeia por pragas como, por exemplo, traças

As causas da CCD não são ainda confirmadas. Entretanto, os principais fatores que têm sido associados à síndrome são estresses causados por patógenos, manejo inadequado das colônias, uso de agrotóxicos, má nutrição e a combinação entre estes fatores.

O artigo completo está disponível no site da Revista Agropecuária Brasileira.

 

 

Compartilhe: