Oslo cria primeira “rota para abelhas” com foco na conservação

Oslo cria primeira “rota para abelhas” com foco na conservação

7 de julho de 2015

A capital da Noruega, Oslo, está remodelando sua paisagem para contemplar rotas seguras e um ambiente mais favorável à presença de polinizadores. A iniciativa, que inclui a participação pública e privada, prevê, além de tetos verdes em prédios, a instalação de caixas em varandas e espaços públicos, além do plantio de diversas espécies de flores.

“Estamos constantemente remodelando nosso ambiente para atender às nossas necessidades, mas esquecemos que outras espécies também vivem nele”, Agnes Lyche Melvaer, chefe do Bybi, um grupo ambiental de apoio a abelhas urbanas, que está liderando o projeto.

Crédito: Marie Skjelbred/Facebook

Crédito: Marie Skjelbred/Facebook

“A ideia é criar uma rota na cidade, com estações de alimentação suficiente para as abelhas por todo o caminho”, Tonje Waaktaar Gamst, da Oslo Garden Society, que instalou vasos com plantas atrativas para as abelhas em telhados e varandas em toda a cidade. O website do projeto mostra um mapa indicando os locais que já estão com instalações e onde é necessária uma cobertura maior de flores, encorajando os moradores a plantar mais e cuidar dos espaços.

Também parte da iniciativa, uma importante empresa de contabilidade, localizada em um edifício de escritórios em uma área de negócios de Oslo, cobriu parte de seu terraço de plantas e instalou duas colmeias.

A ideia partiu da funcionária Marie Skjelbred, que convenceu seu chefe a financiar o projeto juntamente com os proprietários do edifício. “É um sinal de que as empresas também estão assumindo a responsabilidade pela preservação da biodiversidade”, disse Marie.

Fontes: The Guardian, The Washington Post e Pollinatorpassasjen

Compartilhe: