Fórum de apicultura em Dracena capacita produtores locais

Fórum de apicultura em Dracena capacita produtores locais

26 de junho de 2016

Unesp DracenaNo início do mês, o campus da Unesp de Dracena foi sede da terceira edição do Fórum de Apicultura Sustentável (Fapis), que reuniu estudantes e apicultores em palestras sobre diversos temas relacionados ao manejo e à produção apícola. Neste ano, juntamente com o fórum, foi realizado pela primeira vez o Dia do Mel, que atraiu a comunidade do município para oficinas abertas ao público.

Segundo o professor Daniel Nicodemo, mais de 500 pessoas participaram dos eventos ao longo dos dois dias. Alunos e produtores puderam acompanhar oficinas que discutiram, por exemplo, manejo de colmeias em entressafra, produção e substituição de abelhas rainhas, análise de qualidade do mel e produção de hidromel, bebida alcoólica produzida a partir da fermentação do mel.

Daniel coordena o Núcleo de Operações Sustentáveis (NOS), grupo de pesquisa e extensão da Faculdade de Ciências Agrárias e Tecnológicas (FCAT) de Dracena que nos últimos anos tem centrado boa parte de suas ações na apicultura. Atualmente o grupo desenvolve um projeto de extensão que envolve apicultores da região. “A gente quer trabalhar junto deles. Mostrar individualmente quais são as limitações e gargalos da produção e ouvir deles as suas possibilidades e interesse em incrementar a produtividade de seus apiários. Alguns dos pequenos produtores trabalham na informalidade e por isso as possibilidades de comercialização do mel são reduzidas”, explica.

Um dos participantes do evento, o produtor Fernando Mauro Lopes Ferreira apoia a realização de iniciativas que orientem o apicultor e criem um diálogo com a universidade. “Aqui na região de Dracena, a maior parte dos produtores tem a apicultura como um complemento de renda e não uma profissão propriamente dita”, aponta Fernando, que também é presidente da Associação de Apicultores de Marília (AMAR). Para ele, eventos como este ajudam a informar o apicultor sobre boas práticas e discussões relacionadas à cultura de abelhas.

Dia do Mel

Unesp Dracena 2Durante o sábado, 11 de junho, foi realizado paralelamente ao 3º Fapis, o Dia do Mel. No evento, os participantes da Universidade Aberta à Terceira Idade (UNATI) e a comunidade em geral puderam se engajar em oficinas que ensinaram a fazer receitas culinárias e sabonetes artesanais a base de mel, bem como produzir velas com cera de abelha.

Crianças e adolescentes também tiveram aulas de educação ambiental que destacaram a importância da abelha não apenas para o consumo do mel, mas para a manutenção da diversidade das espécies e produção de frutos e sementes por meio do serviço de polinização realizado pelas abelhas. A programação também incluiu a realização de uma feira de produtos apícolas, com intuito de apresentar uma variedade de produtos e derivados obtidos a partir do mel, própolis, cera, geleia real, pólen e apitoxina.

Fonte: UNESP – Marcos Jorge

 

Compartilhe: